quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Existe uma estação onde o trem "descarrega" boa parte da carga... Ela faz "baudiaçaum" com metrô e buzão a povarada geralmente fica por lá.
_ Mas o que essa muié tá fazendo?

Eu terminei de mi ajeitá, já que esvaziou o vagão e vejo uma senhora esmigalhando bolachas e colocando na boca de um bebe... Mas ele cospia ou deixava cair um pouco fora e a doida ficava brigando com a minina pra ela ter mais "ducação" e num sujá o trem, dando discurso pra ela si comportá, porque ela ensina as coisa em casa e ela num faz conforme a lição...

Nem sei se fico passada, bege, com essa coisas.... nem reparei que fiquei olhando muito e a tiazinha me olhou e disse:

- Fia se qué uma bulachinha?

- Não, não brigada...

- Já vamo desce tá, ai vc senta aqui.

Sorrisinho sem graça e meio irritadiço... Os "passagero" mi olhando...
A Véinha (ops! Digo senhora ) queria ser simpática, mas sou antipática no trem... Odeio ele lembram?

-Ja vô descer, brigada!

Ouço: Dim, dom: Estação ******** cuidado com espaço do vão entre o trem e a plataforma.

Penso: Vai pra merda! Cala a boca gravação cretina! Vc num tá preocupada comigo... Se eu cair aqui vc num vai faze nada... vc nem existe! É uma voz do além... Uma máquina falando...

Desço e saio zangada escomungando a gravação ouvida diariamente em todas as estações...




( Pessoas, aquela senhora é a prova de que pessoas ainda conseguem ser cordiais com outras apesar do caos diário que é trafegar dentro daquele trem. Uma graça, apesar de estar meio aborrecida com as migalhas de biscoito que a sua menina deixara cair...rs )

Um comentário:

Déia Musso disse...

Amei sua visitinha Alê,
obrigada =)

Adorei seus blogs tbm e jah estou seguindo....
Ah, vou te linkar tbm, ok?

Beijos e ótimo final de semana

Déia